Páginas

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Filhos da Luz




   A pessoa a partir do momento em que ela se entrega para Deus, se inicia o processo para ela nascer de novo e morrer para o mundo, ela precisa saber que sua vida e seus desejos pessoais não são mais primordiais. A pior coisa que pode acontecer para quem decidiu seguir o mestre é deixar a sensibilidade do pecado se perder. "Tendo se tornado insensíveis entregando-se à dissolução para, com avidez, cometem toda sorte de impureza." (Ef 4:19)
   Quando decidimos ser filhos da luz, temos que tomar cuidado com as ilusões deste mundo, a Bíblia é bem clara quando ensina como devemos fazer para nascer de Deus.
   Sabemos que não é nada fácil, mas Deus não dá coisa alguma, ou condição que não possamos cumprir. Nossa salvação é tão preciosa, que nos mínimos detalhes temos que vigiar. "Pois o que fazem em oculto, até dizê-lo é vergonhoso. Mas todas as coisas manifestadas pela luz tornam-se visíveis, pois é a luz quem manifesta." (Ef 5:12-13)
  Essa é a causa de muitos acharem que Deus não está olhando o que fazem, a verdade é, sua obra só será manifesta quando ela for feita sob a luz de Deus, deixando de lado o que se faz em oculto. Tudo que está em oculto está na escuridão e o que está na escuridão não é de Deus.
Na fé...
Pr. Gustavo

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Junto às águas


"Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto." (Jr 17:8)

'Tá muito difícil essa situação, não sei se serei forte o bastante para vencer.'  Talvez você já pensou alguma vez dessa forma, mas por que você duvidou? simples porque não estava com a sua confiança depositada em Deus, quando se confia em Deus, existe uma entrega, porque você confia e não se preocupa com o que está acontecendo à sua volta, pelo contrário, produz fruto, os problemas vêm para todas as pessoas, mas se ela está "plantada juntas às águas" não receia de absolutamente nada.
Talvez a sua situação pareça a mais difícil, mas nada está perdido, em Jó está escrito que mesmo se a árvore está caída, sua raíz está seca, seu tronco cortado, ainda assim há esperança para aquela árvore, ao cheiro das águas ela se renovará e não cessarão os seus frutos.
O que não pode acontecer é que você se deixe levar pelo que você está vendo ou ouvindo, tudo que nós vemos e ouvimos produz um sentimento e Deus para dar o que precisamos, Ele primeiro esquadrinha o nosso coração, prova os pensamentos para dar cada um segundo os frutos das nossas ações.
Quais têm sido os frutos de suas ações? Tudo depende de sua atitude,tudo depende de sua entrega.

"Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações." (Jr 17:10)
Na fé...
Pr. Gustavo (:

domingo, 30 de janeiro de 2011

Servir

video

Vídeo extraído do Blog Flores no céu

Aliança com Deus - parte II

Uma Aliança perfeita com Deus requer sacrifício!
O sacrifício é o sinal mais significativo da aliança com Deus. O Senhor Jesus ensina isso figuradamente, em outras palavras quando diz: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me." (Mc 8.33) nesse versículo podemos verificar três sacrifícios, que eu posso dizer que são os mais importantes do qualquer oferta que você coloca no altar, não é fácil negar a si mesmo; carregar a sua própria cruz; e seguir Jesus de perto, ou seja, dar ouvidos à voz de sua palavra, um exemplo que podemos citar a respeito de uma aliança pós sacrifício é de Moisés.
Quando Moisés subiu até o monte Sinai, alí ele teve um encontro com Deus, depois que houve um sacrifício Deus passou a ter essa aliança com Moisés e tudo que ele fizesse ele tinha 100% de garantia e 0% de possibilidade de falhar, ele ouvia direto de Deus então não tinha como dar errado, quem vive em sacrifício, vive em aliança com Deus, sem sacrifício, a fé trata apenas de tradições, dogmas religiosos e obrigações. Deus criou o ser humano com o propósito de estabelecer parceria, dependência de Deus por meio da fé é o que torna possível o perfeito pacto, não há aliança com Deus sem o sinal físico da manifestação da fé, assim como não há casamento sem o sinal físico da manifestação do amor - sacrifício dos noivos.
O pacto com Deus exige a materialização da fé por meio da oferta de sacrifício. Não é só o dinheiro no altar, mas sobretudo, a própria vida dedicada à obediência ao Senhor a cada dia. Sem atitude de obediência à sua palavra, não há pacto com Ele. O diabo sabe que quando o ser humano quer alguma coisa, ele vai tentar conseguir de qualquer maneira, custe o que custar, por isso ele entra em ação, sugerindo na mente do homem o desestimulo através das dúvidas. E é justamente aí que o ser humano se torna fraco e incapaz de conquistar as suas vitórias. Porém, quando o homem toma conhecimento de que tudo pode porque tem um Aliado, então tudo se torna possível para ele.
A maior dificuldade para uma pessoa conquistar a vitória está nela mesma: quando se julga incapaz. E, ainda que não confesse essa fraqueza positivamente, a partir do instante em que se julga incapaz, passa a ser incapaz é por esta razão que o Senhor dá esse conselho: "...diga o fraco: Eu sou forte!" (Joel 3.10).
Na fé...
Pr. Gustavo

Aliança com Deus - parte I


Quando vemos a palavra ALIANÇA, é inevitável lembrar daquele adorno que casais usam em seus dedos mostrando sinal de sua união, o ser humano nunca está sozinho, sempre está em aliança com algo ou alguém e certamente quando uma aliança é realizada com a participação do ser humano, jamais pode ser feita envolvendo apenas palavras, porque assim como as palavras são fáceis de ser pronunciadas também são fáceis de não ser cumpridas.
O pacto com Deus ou a aliança de amor é feita nos moldes de um casamento, não como nos casamentos programados para o divórcio, como temos visto ultimamente, mas no casamento do tipo de Abrão e Sara, onde a fidelidade prevaleceu até a morte.
Nós temos que ter em mente que a melhor e maior parceria que podemos fazer é aquela feita com Deus, pois os homens são vulneráveis a falhar e não existe parceria com homem que nos garanta 100% sem perdas, encontramos muitos exemplos de casos que se prejudicaram após uma aliança com alguma empresa ou alguém. Para se ter uma aliança com Deus é preciso uma entrega, é como no casamento, antes dos noivos se casar, ainda não conhecem de verdade os defeitos de cada um, e não importam as dificuldades que os noivos terão que enfrentar, porque a força do amor entre eles é capaz de superar obstáculos, muitos não dão certo porque não foram feitos da maneira certa desde o início, pois como algo que começa errado pode terminar certo? e como uma coisa começando certo pode terminar errado?
Os benefícios de uma aliança com o próprio Deus são inúmeros, a aliança que Deus faz é inviolável, Ele jamais decepciona ninguém e o que Ele diz cumpre.
Quando alguém tem essa aliança ela passa a vencer tudo e todos, nem a morte a vence, pois ela tem a garantia da vida eterna, Deus é o mais interessado, mas desde a antiguidade a Bíblia nos mostra a participação do homem e Deus, Ele não realiza nada sozinho, embora tenha poder para isso, mas é preciso partir a iniciativa da outra pessoa e não pense você só porque é jovem que não precisa, pois eu te digo que você é o que mais precisa, sua vida, TUDO depende da sua entrega.
"Mas eu me lembrarei da aliança que fiz contigo nos dias da tua mocidade e estabelecerei contigo uma aliança eterna." (Ez 16:60)