Páginas

sexta-feira, 21 de junho de 2013

O que acontece no altar, ninguém esquece - Parte II

 "O motivo da sua vida e do seu ministério estar desse jeito, é porque você nunca entregou sua vida no altar de Deus, pois quando sua vida estiver no altar, você vai entender o peso da responsabilidade de salvar almas, por isso você tem essa oportunidade de não voltar para casa da mesma forma, o altar está ali, a decisão é sua, tome logo uma atitude!".
Foram as palavras que eu disse uma vez para um obreiro que tinha o desejo de ser pastor em uma cidade que eu passei. Depois daquele dia ele nunca mais foi o mesmo, suas atitudes eram outras, e hoje ele é pastor, mas porque houve uma decisão, houve uma escolha de mudança de vida. Aquelas palavras não foram leves para ele, pelo que eu me lembro foi a repreensão mais rígida que eu dei. O diabo quis que eu usasse o sentimento, mas se ele não tomasse aquela atitude naquele dia, hoje talvez ele nem estivesse mais na obra de Deus. Quem garante que uma pessoa vai permanecer se a vida dela não é o sacrifício? Ainda mais para quem tem o chamado de Deus no altar.
Entregar a vida no altar não é apenas subir nele e dizer com palavras, o altar não está limitado em uma construção feita pelos homens, para quem é o próprio sacrifício, o lugar que ela estiver vai ser o altar dela, foi o que Jacó fez:
"Tendo-se levantado Jacó, cedo, de madrugada, tomou a pedra que havia posto por travesseiro e a erigiu em coluna, sobre cujo topo entornou azeite." (Gênesis 28:18),
Por que Jacó não entornou o azeite no chão mesmo? De qualquer forma ele estaria derramando o que ele tinha de mais valioso em mãos naquele instante, aquela pedra, que ele erigiu por coluna foi o altar de Jacó, o sacrifício dele não poderia ser jogado em qualquer lugar, porque o lugar de sacrifício é no altar, essa é a função exclusiva dele, e naquele instante Jacó fez um voto e o chamou de Betel, que significa "Casa de Deus" naquele mesmo lugar foi onde Abraão armou sua tenda e edificou seu primeiro altar:
"Passando dali para o monte ao oriente de Betel, armou a sua tenda, ficando Betel ao ocidente e Ai ao oriente; ali edificou um altar ao SENHOR e invocou o nome do SENHOR." (Gênesis 12:8)
Jacó não tinha mais nada depois daquele dia, por isso ele fez um voto:
 "Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista, de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus; e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo." (Gênesis 28:20-22)
Dali em diante ele teve conquistas devido ao sacrifício que ele derramou no altar, mas ainda faltava ele se entregar no altar.

Continua.
Na fé.
Pr. Gustavo

Um comentário:

Fruto do Espírito disse...

Quero lhe dar os parabéns e glorificar ao Senhor Deus por sua vida. Essas frases refletem a ortodoxia bíblica, conhecimento sadio de profundas verdades extraídas das Escrituras. Tenho sido profundamente edificado com tais máximas e oro ao Senhor para que o amado irmão continue nessa caminhada, edificando, repreendendo, corrigindo, consolando e exortando o Corpo de Cristo. Ao amado em Jesus, deixo a amorosa exortação feita pelo escritor sacro:

"Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis." (Hebreus 6:10).

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog deixo aqui o convite, acesse o link abaixo:

Fruto do Espírito

Minha Fan Page

P.S. Convido a conhecer o blog do irmão J.C.de Araújo Jorge.
Mensagens atuais, algumas polêmicas, porém abençoadoras...
Acesse e confira:
Discípulo de Cristo

Em Cristo,
***Lucy***