Páginas

sábado, 18 de fevereiro de 2012

A Filha do Pastor - Filme

Uma das melhores versões da passagem "O filho pródigo", o filme na versão brasileira "A Filha do Pastor" conta mais ou menos o que acontece nos dias atuais, o que me chamou atenção foi que a forma que a protagonista se perde não foi por luzes lá do mundo propriamente dita, mas de uma forma meio que interessante, por pessoas que se dizem de Deus, incrível como mostra a forma como o diabo aparece com pessoas que supostamente são de Deus, até porque nós que somos da fé se chegasse alguém lá de fora, na hora não aceitaríamos, então ele envia pessoas que parecem ser de Deus, e assim tem várias pessoas até mesmo dentro da Igreja.
A filha do pastor pensou que pelas cidades que passaria, iria pregar a palavra de Deus através dos teatros e músicas, mas na realidade se deparou com um mundo cheio de ilusão, ela provou por ela mesmo que o mundo não tem nada a oferecer, do contrário de como ela pensou "Talvez lá fora tenha muita coisa que eu esteja perdendo".
Fica a dica pra vocês, leitores, ok, o filme não é lançamento, mas eu para assistir filmes sou terrível, é raro quando assisto um, já faz mais de um ano que ouço falar desse filme, mas só agora pude ver, depois de muitas pessoas me falarem do mesmo, mas não duvido que não exista alguém que ainda não viu.
Ótimo para passar para os jovens em um dia de cinema, ótimo para assistir com os amigos na casa de alguém, ótimo para assistir em família, e também sozinho.

Fica aí a dica, o Trailler está aí, caso se você ainda não assistiu (deveria se envergonhar, pois pensei que só eu ainda não tinha assistido rsrs)


Não encontrei um trailer com legenda ou dublado oficial, mas para você que sabe inglês não é um problema!

Na fé...
Pr. Gustavo

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Entregar-se por completo



Você já parou pra analisar desde o dia em que você chegou até à igreja? Como foi o estado e sua situação que se encontrava ao chegar? Hoje talvez ainda falte muita coisa para mudar em sua vida, digamos que não esteja 100% transformada, talvez há coisas a serem conquistadas, sonhos para serem realizados, mas o que o Espírito Santo já fez ou tem para fazer? Talvez uma delas é fazer você ser batizado(a) no Espírito Santo, mas por que que você ainda está de fora? Será que é não é porque você não quer sacrificar?

Mas quem é que sacrificou para o Senhor Jesus que não foi abençoado? Davi amava tanto ao Senhor, que tudo o que ele possuía ele ofereceu para a construção do Templo de Deus, tudo que o próprio Deus havia dado a ele, e isso que ele já tinha conseguido vencer batalhas, ele já era rei,o que mais Davi queria? Vemos que Salomão foi rico não por causa de Davi, pois ele não deixou herança alguma para o seu filho " E ainda, porque amo a casa de meu Deus, o ouro e a prata particulares que tenho dou para a casa de meu Deus, afora tudo quanto preparei para o santuário" (1Crônicas 29:3) Agora você entende que não foi por acaso que Deus disse "Amei Davi, meu servo..." Porque quem ama de fato sacrifica, o próprio Deus por nos amar sacrificou seu único filho.

Quando nos despojamos do nosso "Eu", de todas as coisas, O Espírito Santo pode descer em nossas vidas, mas se não abrimos o nosso coração, é impossível o Espírito Santo trabalhar, pois não há espaço para Ele. Todos os que sacrificaram agradaram a Deus.
Exemplos: Maria em Betânia com o vaso com o nardo mais precioso, Zaqueu, deu tudo que possuía e largou o pecado para receber a salvação, a viúva pobre que de todo o seu sustento ofereceu aos pés de Jesus, lembram da multiplicação dos pães e peixes? linda passagem não? Mas de onde veio aqueles cinco pães e dois peixes que ficaram pra história? do rapaz, que aquilo era tudo o que ele tinha, ofereceu a Jesus e ainda voltou com doze cestos cheios sobrando depois de ter alimentado mais de cinco mil pessoas, a viúva de Sarepta, quando o profeta foi procurá-la, pediu a única refeição que ela possuía e Deus sustentou por mais três anos e seis meses e depois que seu filho morreu Deus ainda ressuscitou. Vejam que todas essas pessoas ficaram na memória pela sua atitude de entrega.

E o que você é capaz de fazer para receber a plenitude (totalidade) de Deus em sua vida?

Na fé...
Pr. Gustavo