Páginas

sábado, 19 de março de 2011

Ah, que dia!!!

Ah! Que dia!
Ninguém, na realização de um grande sonho ou na busca por uma conquista material, seja ela qual for, pode dizer, nas entrelinhas: “Ah, que dia!” Mas, no dia em que essa pessoa for possuída pelo Espírito Santo, aí sim ela poderá dizer: “Ah, que dia!”
Porque o Espírito Santo está acima de qualquer realização de sonhos, e acima de qualquer bênção material, qualquer que seja!
Porque esse momento é tão especial, glorioso e maravilhoso que nada se compara ao que o ser humano recebe neste dia!
É claro que, para que esse dia aconteça, tem que haver uma entrega. E isso requer sacrifício.
O que é mais fácil, a conquista, a realização de um sonho pessoal ou a conquista espiritual? É claro que é a conquista material!
Se para conquistar o que é material, que é mais difícil, a pessoa faz o sacrifício que faz, imagine para conquista o espiritual, que é mais difícil?
Em se tratando de bens materiais, se sacrifica, não para a mudança de vida. Imagine o sacrifício a ser feito para uma mudança de vida. Pois é o que acontece quando a pessoa é possuída pelo Espírito Santo.
A partir desse dia, ninguém vai lhe perguntar: “Onde está o seu Deus?” porque Ele será visto em você! Nem sempre mostramos Deus através de uma conquista ou de um milagre, mas Deus é sempre visto na vida transformada dos possuídos pelo Espírito Santo.
Na fé...
Pr. Gustavo

quinta-feira, 17 de março de 2011

Obras e Frutos



"As minhas obras mostram o que eu faço, mas meus frutos mostram o que sou."

"Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar a homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmo se declaram apóstolos e nao são, e os achaste mentirosos; e tens perseverança, e  suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer. Tenho, porém contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras;" (Ap 2.2-5)

Acredito que alguma vez você já leu ou ouviu essa passagem da Bíblia, talvez voce é uma pessoa que é um membro assíduo, mas ainda não nasceu de novo, talvez você é firme, não anda em pecado, não suporta a injustiça, mas do que adianta tudo isso se você sabe que perdeu o primeiro amor? Lembra quando você buscou a presença de Deus pela primeira vez? Lembra da felicidade que só você sabe que sentiu em seu interior e foi mais que uma emoção? suas atitudes mudaram, você tinha prazer de falar de Jesus que tirou sua dor, preencheu seu vazio, mas talvez hoje já não é mais a mesma coisa, o tempo foi passando, você estava tão perto de ser batizado com o Espírito Santo, mas foi se apagando até não dar mais tanta importância.
O que você precisa entender é que suas obras, embora sejam importantes, só mostram o que você faz, mas seus frutos vão dizer quem você verdadeiramente é. Uma pessoa que tem sua fé atingida, perde o prazer de buscar a presença de Deus e por estar com a fé atingida, já não brilha mais a luz de Deus em sua vida, e ela se sente vazia.
Quantas não são as pessoas que são vazias? A solidão não escolhe classe você sabia? vou dar um exemplo prático. O pobre pensa que se tiver o que o rico possui, seu vazio, suas preocupações terão fim, mas já o rico daria tudo que tem se conseguisse achar uma forma para preencher seu vazio, se a pessoa é solteira ela acredita que se conseguir uma pessoa para viver com ela sua solidão terá fim, daí ela se junta com uma pessoa e percebe que o vazio continua, então ela fica em busca de mais outras pessoas, e é aí que o diabo vem com suas armas, ele tem o mundo a seu favor, em busca de preencher esse "vazio" elas vão atrás de festas, drogas, roubo, prostituição e tudo mais que vemos, seria tão simples elas se chegarem até Deus, pois é o que precisam e quando chegam se perguntam por que não acharam antes, pois estava tão perto dela!
O Senhor Jesus é quem deve ser nosso amor primeiro.
Na fé...
Pr. Gustavo

Escolhido


"Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao pai em meu nome, ele vo-lo conceda." (João 15.16)

Quando Deus te escolheu, o objetivo dele era que você se tornasse servo dEle, mesmo quando você nem ainda tinha nascido, Deus te escolheu, e quando você ainda estava nas garras do diabo, lá Deus já estava te preparando, e quando você chegou até a presença de dEle, então Ele se alegrou, porque a partir daquele momento Seus planos poderiam começar a se concretizar em sua vida, mas para que esses planos pudessem se tornar reais, precisaria da sua participação, e é aí que Ele tem percebido que você já não está mais tão na fé como antes, como deveria estar, o que Deus quis de você quando te escolheu, era para que você desse frutos, e esses frutos é a pessoa que produz, não Deus, mas o fruto não vem antes da semente dela.
A comunhão com Deus é sustentada através de uma interação de ambos, se Deus te escolheu, Ele sabe que você tem as condições necessárias, as vezes você até pensa que não as possui, isso porque você não conhece, na verdade não usa o que precisa, a sua fé.
Quando Deus escolhe há o desejo da parte dEle de engrandecer Seu nome na vida do escolhido, Deus não escolheu Salomão só porque era filho de Davi, porque Deus sabia que sua fé ia além de suas condições, Salomão foi rico não porque tinha a herança de Davi, pois tudo que Davi possuía ele deu para a construção do templo da Glória de Deus. "E ainda porque amo a casa de meu Deus, o ouro e a prata particulares que tenho dou para a casa do meu Deus, afora tudo quanto preparei para o santuário." (1Cr 29.3). Salomão foi o que foi porque chamou atenção de Deus com seu sacrifício.
Não fomos nós que escolhemos a Deus, Ele antes nos escolheu primeiro, e como escolheu Salomão para filho, Ele te escolhe também! "Teu filho Salomão é quem edificará a minha casa e os meus átrios, porque o escolhi para filho e eu lhe serei por pai." (1Cr 28.6)
Na fé...
Pr. Gustavo