Páginas

domingo, 30 de janeiro de 2011

Aliança com Deus - parte II

Uma Aliança perfeita com Deus requer sacrifício!
O sacrifício é o sinal mais significativo da aliança com Deus. O Senhor Jesus ensina isso figuradamente, em outras palavras quando diz: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me." (Mc 8.33) nesse versículo podemos verificar três sacrifícios, que eu posso dizer que são os mais importantes do qualquer oferta que você coloca no altar, não é fácil negar a si mesmo; carregar a sua própria cruz; e seguir Jesus de perto, ou seja, dar ouvidos à voz de sua palavra, um exemplo que podemos citar a respeito de uma aliança pós sacrifício é de Moisés.
Quando Moisés subiu até o monte Sinai, alí ele teve um encontro com Deus, depois que houve um sacrifício Deus passou a ter essa aliança com Moisés e tudo que ele fizesse ele tinha 100% de garantia e 0% de possibilidade de falhar, ele ouvia direto de Deus então não tinha como dar errado, quem vive em sacrifício, vive em aliança com Deus, sem sacrifício, a fé trata apenas de tradições, dogmas religiosos e obrigações. Deus criou o ser humano com o propósito de estabelecer parceria, dependência de Deus por meio da fé é o que torna possível o perfeito pacto, não há aliança com Deus sem o sinal físico da manifestação da fé, assim como não há casamento sem o sinal físico da manifestação do amor - sacrifício dos noivos.
O pacto com Deus exige a materialização da fé por meio da oferta de sacrifício. Não é só o dinheiro no altar, mas sobretudo, a própria vida dedicada à obediência ao Senhor a cada dia. Sem atitude de obediência à sua palavra, não há pacto com Ele. O diabo sabe que quando o ser humano quer alguma coisa, ele vai tentar conseguir de qualquer maneira, custe o que custar, por isso ele entra em ação, sugerindo na mente do homem o desestimulo através das dúvidas. E é justamente aí que o ser humano se torna fraco e incapaz de conquistar as suas vitórias. Porém, quando o homem toma conhecimento de que tudo pode porque tem um Aliado, então tudo se torna possível para ele.
A maior dificuldade para uma pessoa conquistar a vitória está nela mesma: quando se julga incapaz. E, ainda que não confesse essa fraqueza positivamente, a partir do instante em que se julga incapaz, passa a ser incapaz é por esta razão que o Senhor dá esse conselho: "...diga o fraco: Eu sou forte!" (Joel 3.10).
Na fé...
Pr. Gustavo

Um comentário:

Anônimo disse...

muito bom o que foi dito ai uma aliança com deus tem que ser perfeita
temos que negar a nos mesmo para seguir com jesus amei isso tudo sucesso bjs